b_arco recebe o lançamento do curta-metragem “Punhos e Leis”

b_arco recebe o lançamento do curta-metragem “Punhos e Leis”

No dia 23 de junho, às 20h, o b_arco receberá o lançamento do curta-metragem “Punhos e Leis”, com direção de Tomires Ribeiro. 
O filme tem uma pegada bem urbana e é todo rodado no centro da maior cidade do país, São Paulo, o filme mostra uma peculiaridade que o Brasil ainda não tem, ou mesmo está iniciando o seu engatinhar no gênero de Ação.
Dois ladrões disputam território no centro de São Paulo. Isso é uma das coisas que não costumamos ver na vida real, pois os ladrões estão sempre escondidos à espreita da próxima vítima; no caso o filma mostra que as vítimas, são eles mesmos.
Fotograficamente falando o filme tem um toque de anos 80, influenciado pelos diretores da época como Ivan Reitman, Tony Scott, John Carpenter; dentre outros; O diretor Tomires Ribeiro quis voltar um pouco no tempo e definiu até mesmo antes das filmagens começarem a paleta de cor que o filme deveria abordar. As cenas de luta que o filme apresenta também foi uma influência de filmes que ele via quando criança, filmes com Jet Li, Bruce Lee, Chuck Norris, Marc Dacascos, Wesley Snipes e por aí vai!!!
O filme também tem uma pegada meio Western, lembra muito alguns filmes de Sergio Leone, tanto pela linguagem quanto pela “misancene” apresentada; onde dois oponentes se olham e se estudam por completo momentos antes do duelo começar.
Tomires Ribeiro contou com a experiência de dois atores jovens que também são coreógrafos e dublês cinematográficos Renan Medeiros e Bruno Prilip que também estrelam o filme, para coreografarem a luta de uma maneira que não parecesse tão técnica em termos de artes marciais, mas que também fosse uma briga onde duas pessoas estivessem disputando a sua sobrevivência onde o “ou tudo ou nada” realmente fosse “ou tudo ou nada”; justificando até a o fato verossímil da dramatização da cena. Um desses atores Renan Medeiros já até coreografou as cenas de luta do filme Mais Forte que o Mundo do diretor Afonso Poyart, que fala sobre a vida do lutador brasileiro de MMA José Aldo.
Apesar de ser um filme de apenas 13 minutos, o filme tem uma profundidade cinematográfica considerável. Possui um roteiro linear direto, uma fotografia onde a linguagem está de acordo com a proposta do filme, atores novos e outros experientes; com destaque ao Pierre Bittencourt (Moska da antiga novela Chiquititas) que faz uma ponta no filme e claro é um filme independente rodado com baixo orçamento, porém com muito apoio de todos envolvidos na técnica e elenco.
A estreia do filme é uma estreia em todos os sentidos.
É a estreia de Tomires Ribeiro como diretor em ficção, sendo que seu cargo atual no mercado é como Diretor de Fotografia, e também é a primeira vêz que um curta metragem desse gênero estreia também em circuito paulistano.
“Punhos e Leis é um curta metragem, mas a satisfação é de um longa – Tomires Ribeiro.”

Ficha Técnica

PUNHOS E LEIS
Sinopse: Dois ladrões disputam território no centro de São Paulo, mas a disputa não é só por território.
Produção: Primeiro Olho Filmes
Direção: Tomires Ribeiro
Ano de lançamento: 2016
Gênero: Ação

Serviço

Lançamento do curta-metragem “Punhos e Leis”
Dia 23 de junho, às 20h
Centro Cultural b_arco
Rua Dr. Virgilio de Carvalho Pinto, 426, Pinheiros, São Paulo
Entrada Gratuita

Fechar Menu
Close Panel