Campanha de digitalização do primeiro longa da Tata Amaral, "Um Céu de Estrelas"

Campanha de digitalização do primeiro longa da Tata Amaral, "Um Céu de Estrelas"

O primeiro filme da cineasta Tata Amaral corre o risco de desaparecer. Ajude a digitalizá-lo.

O primeiro longa-metragem da cineasta Tata Amaral, ‘Um Céu de Estrelas”, completa 20 anos de lançamento nos cinemas, porém, o filme está correndo o risco de se perder.

“Um Céu de Estrelas” foi considerado um dos três filmes brasileiros mais importantes dos anos 90. Ousado para a época, o filme inovou ao levar a violência contra a mulher para as telas de cinema. Infelizmente, esse tema continua mais atual do que nunca. Porém, o filme está deteriorado e corre o risco de se perder.

Por isso, foi criada uma campanha de financiamento coletivo, a fim de digitalizar esta obra importantíssima para a cinematografia brasileira, sobretudo, uma obra produzida por uma diretora mulher e de forma independente.
Contribua com o financiamento coletivo e ajude a preservar o cinema feito por mulheres no Brasil.

Precisamos do seu apoio. Contribua com qualquer valor e ajude a preservar a memória do cinema brasileiro.
https://www.catarse.me/umceudeestrelas

Para valores de R$ 100 ou mais, na Contribuição Halley, o apoiador ganha:

– Uma vaga para a Master class “Tata Amaral e a experiência do roteiro à direção”, a ser realizada no dia 26/10/2017 (quinta-feira), das 20 às 22h30, aqui no Centro Cultural b_arco, São Paulo (R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426 – Pinheiros). Seu nome estará em uma lista na nossa portaria. Despesas de transporte até o local não estão inclusas.
– Seu nome eternizado na lista de agradecimento nos créditos finais do filme digitalizado e nas páginas de “Um Céu de Estrelas” e da Tangerina Entretenimento no Facebook.
– Memorabilia 2: Roteiro digitalizado original do filme, com anotações da diretora Tata Amaral e texto dos roteiristas Jean-Claude Bernardet e Roberto Moreira, com tratamento visual feito pela artista Silvia Amstalden.
– Memorabilia 1: Pacote digital com folderes de festivais, críticas e postais do filme, acompanhados de relatos pessoais escritos por membros da equipe, digitalizados especialmente para a campanha, com tratamento visual feito pela artista Silvia Amstalden.
– Link para assistir a “Um Céu de Estrelas” online (por tempo determinado).
– Fotos, em formato digital, exclusivas das cenas e do making-of do filme.
*OBS: Apenas para quem contribuir até dia 25/10!!

Confira todas as informações e contribua com a campanha em https://www.catarse.me/umceudeestrelas

ATENÇÃO!!! Somente os apoiadores da Contribuição Halley, até o dia 25/10/2017, terão direito a Master Class. Não será necessário fazer inscrição no nosso site. Seu nome já estará em uma lista na nossa portaria, fornecida pela organização da campanha. Despesas de transporte até o local não estão inclusas.

A paulistana Tata Amaral é diretora, produtora e roteirista de longas e séries de ficção e documentários. Com suas obras, conquistou mais de 70 prêmios em festivais nacionais e internacionais. Atualmente, está em pós produção com seu próximo longa, “Sequestro Relâmpago”, protagonizado por Marina Ruy Barbosa e coproduzido pela Globo Filmes. Na Master class, Tata Amaral vai falar de sua experiência como mulher, diretora, roteirista e produtora de filmes e séries importantes como o longa “Um Céu de Estrelas” (1996), eleito um dos três filmes nacionais mais importantes da década e a série “Antônia”, indicada ao Emmy Internacional/2007, entre outras obras premiadas.

Fechar Menu
Close Panel