Mario Vedoya  apresenta “VAZIO”, no b_arco

Mario Vedoya apresenta “VAZIO”, no b_arco

Na próxima quarta-feira (17/08), às 21h, o ator Mario Vedoya apresentará a peça “Vazio”, texto e direção de José Sanchis Sinisterra, no Centro Cultural b_arco. Será uma única apresentação.

mario-2A obra, escrita especialmente para Vedoya, teve sua estréia em 2005 em La Casa Encendida em Madrid e, a partir daí, percorreu inúmeros festivais da Europa e América Latina.

Em junho de 2010, a obra fez sua primeira apresentação em São Paulo encerrando o Memorial Sanchis Sinisterra que comemorou os 70 anos do autor e diretor espanhol.

Como resultado, Vedoya foi convidado por Marieta Severo e Aderbal Freire Filho para apresentar o trabalho no Teatro Poeira no Rio de Janeiro. Na ocasião, além do espetáculo, Vedoya realizou no Poeira a oficina para atores “ad hoc” (Merodeando lo Intagible), a partir dos procedimentos desenvolvidos pelo ator para encarar e incorporar uma obra tecnicamente complexa. O sucesso deste encontro levou ao retorno de Vedoya ao Teatro Poeira em anos posteriores.

A apresentação deste trabalho será também uma prévia do que acontecerá na oficina Há Nada – Um estudo sobre o intangível no teatro, que o ator dará de 22 a 27 agosto, também aqui, no b_arco. A oficina irá tratar dos quatro vetores de teatralidade que Sinisterra trabalhou na peça: o silêncio, escuridão, o repouso e o vazio. O misterioso encontro entre o ator e o personagem, sua natureza equívoca, a energia da palavra e o trabalho com a luz são outros elementos sensíveis a partir dos quais Vedoya construiu seu método pedagógico. Clique aqui para saber mais.

Não tão vazio

Às vezes acontece que o teatro, cansado de falar sobre o mundo e suas loucuras, precisa olhar para o próprio umbigo e falar de si mesmo. Deixar de lado, sim, por alguns momentos, a enorme variedade de grandes e pequenos problemas que a condição humana – cheia de vida e de fúria – exige tratar, e passar a se questionar sobre seus próprios fios e sua tessitura, sobre sua magia e seus truques, seu poder e suas fraquezas. E sobre seus quatro pontos cardeais: o vazio, o silêncio, a escuridão e o repouso. 

Mas, oh, a fatalidade! Também acontece às vezes que quando se fala sobre si mesmo, tentando jogar apenas com os seus próprios recursos, e questionar burlescamente a trama de convenções e artifícios que constituem a arte do teatro, expondo os mecanismos da ficção e outras peripécias de estilo, o mundo se anima através das cenas e acaba se fazendo escutar, se fazendo ver, impondo inexoravelmente seus grandes e pequenos temas. 

Receio que algo assim aconteça neste pequeno tríptico que, fingindo expulsar do teatro tudo o que não seja a própria essência da teatralidade, brincando de desmontar o tecido da ilusão cênica – a ação, o texto, o personagem, o ator, o cenário, o autor, o público …-, não se possa evitar estar cara a cara com alguns dos principais temas da condição humana: ser e ter, origem e fim,  morte e sobrevivência.”  – José Sanchis Sinisterra

Serviço

Apresentação da peça “Vazio”,

com Mario Vedoya.

Texto e direção de José Sanchis Sinisterra

Dia 17 de agosto, quarta-feira, às 21h

Centro Cultural b_arco

Rua Dr. Virgilio de Carvalho Pinto, 426, Pinheiros, São Paulo.

Preço único: R$ 10,00

Fechar Menu
Close Panel