12/11 – Abertura da exposição “A diferença entre as coisas”, de Maria Andrade

12/11 – Abertura da exposição “A diferença entre as coisas”, de Maria Andrade

A DIFERENÇA ENTRE AS COISAS
Maria Andrade
Texto de Vânia Reis

Em sua segunda exposição individual na Galeria Virgilio | b_arco, a multiartista Maria Andrade ocupa o Corredor de Baixo da galeria. Nesta nova série, somos introduzidos a uma série de pinturas à óleo sobre compensado e lata, com molduras em metal recortado, apresentando paisagens desconstruídas. 

O texto da exposição foi elaborado pela psicanalista e escritora Vânia Reis.

“Que paisagens são essas? A natureza expressa por Maria não é hostil, também não é sublime, é intrigante. E está certamente subjugada por suas memórias, conquistando na ligeireza do traço, forma e figura. 

Árvores, pedras, nuvens e chão, terra e água, protagonizam a cena em um ambiente muitas vezes envolto numa atmosfera de solidão e desamparo. O conjunto flutua no espaço cortado por uma linha ou em planos sucessivos que não se abrem numa perspectiva visual e, sim, nos lança num horizonte ao mesmo tempo que traça uma divisão com o infinito do céu.

As imagens tentam se sustentar numa superfície que desaparece fazendo surgir novos espaços em cores que não se misturam mas, às vezes, apenas se tocam e se anulam. E as figuras se dissolvem numa luz sem origem.

A moldura é um novo elemento também sem uniformidade que não delimita os dois mundos, nem o de fora nem o de dentro, numa desobediência onde se incorpora no plano da pintura e, indo além, se expande em cor e forma. A própria pintura simula a divisa onde a moldura não está presente avançando em linha reta na mesma cor, confundido os materiais e as funções entre borda, tinta metal e continência.

Podemos supor um prazer através da capacidade de criar e transformar com isso o mundo a sua volta e de volta àquilo que estava aprisionado em sua memória, ganhando realidade em cor e forma. Eram experiências depois lembranças que, povoando o universo interno de Maria, agora são transformadas em paisagens”.
Vânia Reis / Outubro 2019

Sobre a artista

Maria Andrade é estilista, musicista, artista plástica e artista gráfica. Em 1979 participe do Atelier de Gravura em Metal com Sergio Finguermann. Em 1989, funda a banda Diorama, onde era guitarrista, cantora e responsável pelos figurinos e cenários. Desde 2002, como artista plástica, realiza exposições individuais de objetos e esculturas de zinco e lata. Como coordenadora de oficinas, atuou em:  Oficina de Esculturas em Metal no MAM (1998-2003), Oficina de Esculturas em Lata no Sesc Ipiranga, comunidades no interior de Minas Gerais e oficinas de tapeçaria com artesãs na cidade de Morro da Garça (MG). Fez ilustrações para as revistas Capricho e Veja. Entre 2004 e 2005 publicou semanalmente histórias em quadrinho de seu personagem “Brux” na Folha de São Paulo. Elaborou e dirigiu animações para a MTV. Em 2004 inaugura sua loja de bolsas na rua Aspicuelta – Vila Madalena- onde é responsável pela concepção e produção de todos os produtos. Como artista gráfica e ilustradora, continua realizando diversos trabalhos para artistas e instituições culturais. Pinta telas à óleo abstratas e figurativas.

A diferença entre as coisas
Inauguração da exposição no dia 12 de novembro, a partir das 19h
Aberta para visitação de 12.11.19 a 21.12.19

Horário de visitação da Galeria Virgilio | b_arco
Segunda à sexta 10h – 19h
Sábados 11h – 17h
A entrada para todas as exposições é gratuita. 

– Entrada livre
– Próximo à estação Fradique Coutinho do Metrô
– Estacionamento ao lado do b_arco

Rua Dr. Virgilio de Carvalho Pinto, 426

Ficou alguma dúvida? Entre em contato conosco!
3062-7339
atendimento@barco.art.br

Fechar Menu
Close Panel