Exposição Lampejo | Renata Pedrosa e Claudio Matsuno

Exposição Lampejo | Renata Pedrosa e Claudio Matsuno

Lampejo

Exposição em dupla, de Claudio Matsuno e Renata Pedrosa, com curadoria de Leandro Muniz. A mostra reúne trabalhos de diferentes períodos das produções de ambos os artistas, estabelecendo aproximações e diferenças entre elas.

A disposição dos trabalhos no espaço, assim como o desenho usado na divulgação – feito a 6 mãos com variados recursos gráficos e sobreposições de traços – apontam para a experiência de dispersão como um dos modus operandi de Matsuno e Pedrosa, discutindo este aspecto das produções em relação à vida social, à cidade e à própria história da arte.

Claudio Matsuno parte de diversos materiais que encontra ou compra no centro São Paulo – região onde está localizado seu ateliê – para construir objetos que, ora são usados na parede como desenhos, ora são suportes para pinturas, articulando um vocabulário que lida com os aspectos formais dos materiais banais, como fios plásticos, embalagens ou caixas de papelão.

Renata Pedrosa produz desenhos e esculturas em tecido, papel machê ou cerâmica, que replicam movimentos do corpo ou são o resultado de estranhas aproximações entre elementos antropomórficos e arquitetônicos, gerando volumes que transitam entre figuração e abstração, organicidade e geometria.

________

Claudio Matsuno é licenciado em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo em 1995. A partir de 1996 começa a participar de exposições coletivas e individuais, salões de arte sendo premiado em Ribeirão Preto, Amapá, Piracicaba, Santos, Campinas, Ceará entre outros, além de participar de editais na capital paulistana como a Temporada de Projetos do Paço das Artes e do Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo. Matsuno tem obras em importantes acervos de museus como nas coleções de Gilberto Chateaubriand no MAM do Rio de Janeiro, MASC de Santa Catarina, MAC de Campinas e demais instituições. Em março de 2019 prepara sua quarta individual na Galeria Virgílio em São Paulo onde é representado. Vive e trabalha em São Paulo.

Renata Pedrosa participa da primeira exposição coletiva em 1994 no Salão MAM-Bahia. Em 1998 recebe a bolsa da Pollock-Krasner Foundation e em 2001 faz o primeiro trabalho de intervenção urbana para a inauguração do CCBB-SP. Em 2002 expõe na Funarte-SP e participa de duas residências, uma na Dinamarca e outra no Paraná, o Faxinal das Artes. Em 2004 recebe o título de Mestre em Poéticas Visuais pela ECA-USP com a dissertação Corpo, Casa, Cidade e participa de uma residência no SESC-Pinheiros, o Labdart. Em 2006 produz um DVD com suas intervenções para o evento de comemoração de 5 Anos CCBB-SP. Em 2008 faz uma intervenção na fachada da Galeria Vermelho e em 2009 faz a primeira exposição individual na Galeria Virgilio. Em 2013 recebe o título de Doutora pela ECA-USP com a tese Zona. Em 2015 participa de uma residência no European Ceramic Work Centre (EKWC), Holanda e, em 2016, publica um livro pela Annablume, Cem Terras. Em 2017 participa de uma mostra no MAC-USP com a obra “Nome”, que integra o acervo do museu e em 2018 realiza a exposição Terras no Casarão 34 em João Pessoa, Paraíba.

Leandro Muniz é artista e curador. Estudante de artes plásticas na USP e assistente de curadoria no Pivô. Como artista, já expôs em espaços como o DAP Londrina, Espaço das Artes USP, Sesc Ribeirão Preto, Salão Anapolino, Salão de Piracicaba, Fábrica Bhering e Ateliê397. Foi curador das mostras Tropical extravaganza: Paola e Paulina, SESC Niterói (2018); Disfarce, Oficina Cultural Oswald de Andrade (2017) e I’II be your mirror, no Espaço Breu (2017), onde organiza o projeto Conversas no BREU em parceria com Rafaela Foz. Em 2018, foi finalista do prêmio Jean Claude Reynal, para jovens artistas que trabalham com papel.

 

Serviço

Abertura: sábado 9 de março de 2019, das 11h às 17h
Visitação: até o dia 6 de abril de 2019

 

Visitação – aberto ao público

Segunda a sexta – 10h às 19h
Sábado – 11h às 17h

 

Galeria Virgilio
Rua Dr. Virgilio de Carvalho Pinto, 426 – Pinheiros
São Paulo / SP CEP: 05415-020
55 11 3062-7339
www.galeriavirgilio.com.br

Facebook: Galeria Virgilio

Instagram: @galeria_virgilio

 

Claudio Matsuno

No disturb, 2019. Ferro, tecido, marcador e filete de bambu, 19 x 27 cm.

Postiço, 2019. Moldura, marcador permanente e plástico, 62 x 49 cm.

Sorriso forçado, 2019. Papel amassado e colagem, 37 x 20 cm aproximadamente.

 

Renata Pedrosa

Radarzinhos, 2019. Cerâmica esmaltada, 15 x 15 x 9 cm.

Arquitetura distopica, 2018. Cerâmica esmaltada, 44 x 27 x 27 cm.

De frente, 1996. 56 X 30 X 30 cm.

Fechar Menu
Close Panel