As fronteiras do feminismo, com Carla Cristina Garcia

As fronteiras do feminismo, com Carla Cristina Garcia

“O feminismo é uma lanterna que mostra as sombras de todas as grandes ideias gestadas e desenvolvidas sem a participação das mulheres e muitas vezes à custa das mesmas: democracia, desenvolvimento econômico, Estado de Bem-Estar Social, justiça, família, religião.

As feministas empunham esta lanterna com orgulho por ser a herança de milhões de mulheres que partindo da submissão forçada – enquanto eram atacadas, ridicularizadas, vilipendiadas – souberam construir uma cultura, uma ética e uma ideologia nova e revolucionária para enriquecer e democratizar o mundo”.

Breve história do feminismo, Carla Cristina Garcia

A luta central do feminismo ainda gira em torno da igualdade dos direitos civis entre homens e mulheres. Entretanto, uma série de questões e desafios são englobados pela necessidade de reconhecer a diversidade cultural e as especificidades da realidade que envolve cada um destes contextos socioculturais.

Uma cadeia de heranças coloniais precisam ser identificadas e superadas para o avanço das teorias e práticas feministas contemporâneas. O curso “Fronteiras do feminismo”, ministrado pela professora doutora Carla Cristina Garcia, busca construir pontes de comunicação entre as diversas tradições feministas que ainda não foram suficientemente representadas na literatura acadêmica, visando a construção de correntes pós-coloniais que consigam fugir das tendências universalizantes contidas nas ideias feministas tradicionais.

O feminismo pós-colonial surge como uma reação ao fato das primeiras correntes críticas concentrarem-se exclusivamente sobre experiência das mulheres de culturas ocidentais e em países desenvolvidos. Até então, se falava da “mulher” como parte componente de um grupo universal pautado pelo seu gênero ao invés de englobar as classes sociais, raças, etnias e orientações sexuais que abrangem a existência de todas as mulheres.

A partir de uma perspectiva transdisciplinar, trabalhos que marcaram os debates sobre teorias de gênero, em âmbito internacional, serão discutidos para questionar as visões etnocêntricas que não levaram em consideração a articulação entre gênero, raça, identidades culturais e os estreitos vínculos entre o racismo e as práticas ideológicas patriarcais.

Carla Cristina Garcia é mestre e doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e pós-doutorada pelo Instituto José Maria Mora (México, DF). É professora da PUC-SP e autora dos livros Ovelhas na Névoa: um estudo sobre as mulheres e a loucura (Ed. Rosa dos Tempos/Record), Produzindo Monografia (Ed. Limiar), As Outras Vozes: memórias femininas em São Caetano do Sul (Ed. Hucitec), Sociologia da Acessibilidade (IESD), Hambre del Alma, Escritoras e o banquete de palavras (Ed. Limiar), Breve História do Feminismo (Ed. Claridade), O Rosa, o Azul e as Mil Cores do Arco-Íris e Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente (no prelo).

Para saber mais informações sobre o curso e realizar sua inscrição, clique aqui.

Fronteiras do feminismo
23 de novembro a 14 de dezembro de 2019*
*Não haverá aula no dia 30 de novembro
Sábados, das 10h30 às 14h30

b_arco
Rua Dr Virgilio de Carvalho Pinto, 426 – Pinheiros, São Paulo
Próximo da estação Fradique Coutinho do Metrô
Estacionamento ao lado

*Imagem em destaque via Pussypedia

Fechar Menu
Close Panel