Direção de Fotografia para Cinema e TV Digital

Direção de Fotografia para Cinema e TV Digital

com José Augusto De Blasiis
> Primeiro curso completo de Direção de Fotografia para cinema e TV digital, em quatro módulos teórico-práticos.


Data

  • De 24 de setembro a 12 de dezembro de 2018
    Segundas e quartas, das 19h às 23h + 4 domingos, das 10h às 19h

Valor

Detalhes Preço Qtd
À vistaMais Detalhes  R$4.600,00 (BRL)   Encerrado
Parcelado em até 4xMais Detalhes  R$1.250,00 (BRL)   Encerrado

Apresentação

A partir da transição da pós-produção analógica para a digital, os meios de finalização se ampliaram de maneira exponencial. Neste cenário de aumento de demanda, a área de captação de imagem em digital se estabeleceu como atividade fundamental nos mercados de publicidade, cinema e televisão.

O curso de Direção de Fotografia para Cinema e TV Digital contempla os processos de produção de produtos audiovisuais para diferentes meios, cinema, TV, publicidade e internet. Para todos estes meios, a direção de fotografia como elemento fundamental de qualquer produto audiovisual é fator preponderante no acabamento de imagem. Por ser o primeiro curso de especialização brasileiro focado na direção de fotografia para cinema e TV digital, o programa foi desenvolvido para aprofundar toda a base teórica e prática dos processos de captação de imagens digitais em HD, 2K e 4K geradas a partir de arquivos RAW em espaço de cor LOG.

Partindo dos conceitos que embasam a formação e a representação da imagem, o curso abordará todas as principais fases do processo de fotografia e iluminação de produtos audiovisuais e se concentrará na instrumentalização dos principais equipamentos de captação de imagem digital disponíveis no Brasil. Aprender a base técnica da fotografia, da exposição aos formatos de captação, independentemente da ferramenta usada. Capacitar-se para trabalhar dentro da filosofia e da metodologia dos sistemas de captação de imagem em digital data e dos equipamentos de pós-produção e seus fluxos de trabalho de edição de imagem, usando os principais softwares de edição e de correção de cor do mercado.

O curso completo é dividido em 4 módulos: Introdução à Direção de Fotografia; Captação de imagem em cinema e vídeo e técnicas de exposição; Direção defotografia e iluminação; Técnicas de pós-produção de cinema e vídeo e correção de cor. Cada módulo é composto por seis aulas regulares e uma diária prática deestúdio. Também será recomendada uma extensa bibliografia técnica.

Video sobre o curso

 

Cronograma

MÓDULO I – Introdução à Direção de Fotografia – 32h

  • Estudo dos princípios da teoria das cores. Análise da estética da imagem na ótica da composição e da cor, da transparência, profundidade, latitude, gama e textura na estrutura do negativo e dos arquivos digitais. Os princípios da aplicabilidade da teoria física das cores na fotografiacinematográfica e videográfica.
  • Estudo das principais ferramentas para captação em cinema e vídeo. Definição das principais técnicas e equipamentos de trabalho para produção de imagens em arquivos digitais.

 

Conteúdo programático

  • A cor – Estímulos , percepção da cor, classificação das cores. A Luz – Emissão, propagação e natureza da luz. O Olho e a Visão – Estrutura do olho humano e visão cromática. Leonardo Da Vinci e a teoria das cores. Newton e a óptica. A Teria da cores de Goethe. Cores: ondas / espectro. Modelos de Cor / Aspecto das Cores. Síntese das Cores / Tons Harmônicos / Contraste / Legibilidade das Cores
  • Teoria da câmera de filme. Trabalhando com a câmera de cinema. Formatos. O filme. Teoria da câmera HD. Trabalhando com câmera HD. Formatos. Os elementos da câmera e seus acessórios. Tipos de lentes. A temperatura e a calibração de cor básica. Balanço de branco e do preto e a geração de looks e LUTs.
  • Características dos sistemas de alta definição para a distribuição. Características dos sistemas de alta definição para transmissão de HDTV. Peculiaridades decâmeras de alta definição – relação de definição standard e HD.  As diferenças na aparência – 3 x 4, 14 x 9 e 16 x 9 e a relação de aspecto do cinema – 1.78, 1.85 e 2.35 e os novos formatos DCI – 1.89 e 2.39.

 

MÓDULO II – Captação de imagem em cinema e vídeo e técnicas de exposição – 32h

  • A formação e composição das equipes de trabalho em set de captação para cinema e vídeo. A operação dos diversos equipamentos disponíveis no mercado deprodução de imagens para os mais diversos produtos audiovisuais. As técnicas de captação multicâmera para shows, programas e eventos esportivos.
  • Estudo das principais teorias sobre a exposição dos negativos de cinema e dos sensores de vídeo/data. Partindo da teoria das zonas de exposição se fará uma analogia entre as zonas densitométricas dos negativos de cinema e a escala IRE das zonas sensíveis dos arquivos de imagem vindas da capacidade de registro de latitudes dos sensores das câmeras digitais de vídeo. O uso dos instrumentos de medição de intensidade e temperatura de cor das fonte de iluminação e os instrumentos eletrônicos de medição de sinais digitais de vídeo.

 

Conteúdo programático

  • As funções dos assistentes de câmera.  Composição da equipe de filmagem.
  • Definição das figuras de assistente de vídeo  logger e o DIT.
  • Operadores de câmera e o Focus Puller. A preparação técnica de um assistente de câmera. Configurações e menus da câmera. Setup das câmeras RED EPIC, Arri Alexa, Sony F-3 e Canon 5D MK III.
  • Diferenças fundamentais entre os sistemas de definição padrão e alta definição. Características de alta definição de sistemas de produção  HDCAM, RED Code, DVCPRO HD, HDV, XDCAM, Apple ProRes, DNxHD e H-264 (ALL-I E IPB).
  • A teoria das zonas de exposição. Temperatura de cor. Teorias e métodos de exposição. As diferenças de colorimetría e exposição e as curvas de gama. O uso do fotômetro, do spotmeter e do colorímetro. Os filtros de correção e de efeito. Formatos de Filme. 16mm, Super 16mm, 35mm, super
  • 35 milímetros. Estrutura de exposição, velocidade, cadência e filmagens.
  • Sensitometria e densitometria. Tipos de emulsão cinematográfica  sensibilidade, latitude e definição e grãos. Velocidades de exposição.
  • Filme negativo e seu uso. O monitor de forma de onda –  vectorscope, waveform e histograma. Métodos de calibração de monitores.

 

MÓDULO III –  Direção de fotografia e iluminação – 32h

  • O papel do diretor de fotografia nas produções dos mais diversos produtos audiovisuais. Os princípios de  eletricidade e iluminação e os principais esquemas técnicos de iluminação. As principais diferenças da direção de fotografia em cinema e vídeo. O uso da captação em filme ou em digital. Equipamentos básicos para um diretor de fotografia. Elementos principais da câmera. Diferenças entre a câmera de vídeo e câmera de cinema.

 

Conteúdo programático

  • O diretor de fotografia no set. Análise de diferentes cenas de filmes, comerciais e vídeo clipes. O cargo de diretor de fotografia como um profissional no meio da TV e Cinema. O conhecimento da história da arte e do comportamento da luz em todos os períodos da história. Pintura como um prelúdio para o filme e TV. O roteiro e a interpretação da mensagem de imagens para o espectador.  A arquitetura de luz. O ambiente e a forma de iluminação dos conjuntos. O efeito de interpretação nos rostos dos atores e sua mensagem na tela. Relação entre o fotógrafo e o diretor de cena e a equipe de uma produção audiovisual.
  • Os modelos principais de refletores. Os quadros luzes. Eletricidade.
  • Geradores. Cabos e conexões. Tripés. Cabeças hidráulicas. Crane e grip.
  • Steadicam. Outros tipos de maquinários.  Elementos da câmera de filme.
  • Óptica  tipos, formas, classificação e usos das objetivas para o cinema digital.  Formatos de fotograma e dos sensores de vídeo. Shutter e sistemas de tração e fixação do filme  grifas e contra grifas. Chassis tipos e características. Carregamento e descarregamento dos chassis.
  • Sistemas de energia e baterias. Velocidade variável.  Acessórios para Câmara.  Suporte de filtros e controle de foco.
    A visão do diretor de cinema e do diretor de arte no processo de produção da fotografia em produtos audiovisuais.
  • As diferenças entre HD e Cinema Digital. Gravação em HD, 2K e 4K.  A configuração básica do corpo RED EPIC e da Arri Alexa com ótica 35mm PL. Os discos rígidos e cartões de mídia de gravação. Visor e LCD. Saídas de sinal HD. Montagem e desmontagem de equipamentos. Fluxo de trabalho com Final Cut X, com o Avid,  e com Assimilate Scratch.

 

MÓDULO IV – Técnicas de pós-produção de cinema aplicadas à direção de fotografia – 32h

  • Compreensão dos sinais de vídeo dos formatos de vídeo tapes das emulsões cinematográficas dos sistemas de armazenamento digitais. Conhecimento do telecine e do scanner de transferência de película para vídeo e data. Abordagem de diversos tipos de equipamentos de correção de cor, suas características técnicas e aplicabilidade na pós produção de cinema e vídeo. Estudo de técnicas e métodos de transferência de imagem telecines SD e HD e os scanners em data 2k e 4k. A relação do diretor de fotografia com a pós produção e o laboratório de copiagem. Efeitos visuais. Fluxo de trabalho para cinema digital e para produções para TV de alta definição. Correção de cor. Composição e efeitos digitais. Recortes de croma – técnicas e equipamentos.

 

Conteúdo programático

  • Fotoquímico comparado com a gradação de cor digital. Conceito de correção de cor primária, secundária e máscaras. Formação conceitos comuns analógicos e digitais: As resoluções HD, 2K e 4K. Os codecs mais comuns do mercado e o seu uso no workflow de correção de cor. Os arquivos de DPX/Cineon, TIFF, ProRes, Avid DNxHD, Red Code e ProRes.
  • Curvas Gamma e linear logarítmica. Correção e LUTs de visualização.
  • Curvas sensitométricas de filme e suas correspondências no mundo digital. O ambiente para correção de cor: requisitos e cuidados.
  • Conceito de monitoração e calibração de monitores. A utilização de instrumentos de medição: formas de onda (waveform), Vectorscope, Histogramas.

 

Tecnologia

O curso será teórico/prático e contará com o uso do equipamentos de captação de cinema e vídeo.  Trabalharemos em estúdio com equipamentos de iluminação profissional e câmeras de cinema e digitais. Teremos aulas com a RED EPIC, a Arri Alexa, a Sony F-3 e câmeras DSLRs.

Além disso, haverá atividades praticas onde serão demonstradas, e terão os seus fluxos de trabalho detalhados, as principais câmeras de captação de imagem digital  de câmeras de alta definição às de resolução 2K e 4K.

Para as aulas nos laboratórios e sala de aula, serão utilizados projetores multimídia e recursos audiovisuais, como DVD e Blu-Ray Disc.

Os módulos do curso não podem ser feitos separadamente.

Eventuais reposições de aulas podem acontecer fora do período estipulado na programação do curso. Neste caso o aluno será avisado com a devida antecedência.

Professores e fotógrafos convidados

*os nomes dos convidados serão divulgados em breve

 

Aluno

  • Carga horária total: 128 horas
  • Segundas e quartas, das 19h às 23h
  • Aulas práticas – Domingos, 07/10, 21/10, 04/11 e 18/11, das 10h as 19h – com 1 h de intervalo para almoço
  • Para estudantes e profissionais de audiovisual e outras áreas relacionadas. Recomenda-se que o aluno tenha conhecimento prévio de conceitos básicos ligados a Direção de Fotografia.

 

Sobre o professor

José Augusto De Blasiis é coordenador dos cursos de Direção de Fotografia para Cinema e TV Digital e do curso de Cinematografia Digital DSLR no Centro Cultural b_arco. Foi coordenador de operações do CasablancaLab, laboratório do grupo Casablanca/TeleImage, onde realizou um amplo trabalho junto ao mercado de cinema nas áreas de transfer para película. Realizou diversos serviços de pós-produção em filmes como: O Invasor, Cidade de Deus, Carandiru, Ônibus 174, Narradores de Javé, O Homem do Ano, Benjamin, Nina, Durval DiscosRosário Tijeras (produção México, Colômbia e Brasil), Solo Dios Sabe (produção México e Brasil). Fez direção de fotografia para diversos clipes e curtas e longas metragens nos últimos anos, entre eles Lenine, Ney Matogrosso, CPM-22 e Ed Motta e fotografa shows para gravação de DVDs desde 2012, entre eles os DVDs do Naldo, Leonardo 30 anos, Biquini Cavadão, Paulo Ricardo e Leandro Lehar, entre outros. Também trabalhou no cinema brasileiro em projetos de destaque como Cidade de Deus (2002), de Fernando Meireles, Carandiru (2003), de Hector Babenco, A Dona da História (2004), de Daniel Filho, Casa de Areia (2005) de Andrucha Waddington, Cidade dos Homens (2007), De Paulo Morelli, Primo Basílio (2007), de Daniel Filho, entre outros.


Parcerias

 

BRAVI

 

 

 

*Descontos para associados BRAVI.

Local

Endereço:
Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426, São Paulo, SP, 05415-020, Brasil

Fechar Menu
Close Panel