Curso de Video Mapping

Curso de Video Mapping

com Ivan Soares
> Aprenda a criar projeções mapeadas para performances artísticas, ações de marketing e eventos corporativos com os softwares mais utilizado na área, o Resolume Arena 7 e TouchDesigner.


Data

  • 27 de janeiro a 6 de fevereiro de 2020
    Segunda a quinta, das 19h30 às 22h30

Valor

Detalhes Preço Qtd
À vistaMais Detalhes  R$1.200,00 (BRL)  
Parcelado em 2xMais Detalhes  R$650,00 (BRL)  

Inscreva-se aqui

Caso ainda tenha alguma dúvida, por favor, fale pra gente!


Apresentação

As projeções mapeadas – Video Mapping no termo original – surgiram nos anos de 1980 a partir de um panorama midiático de evolução exponencial de tecnologias de projeção de vídeo. Suas aplicações na indústria do entretenimento e no mercado de eventos corporativos se popularizaram na virada do milênio, período no qual os primeiros softwares dedicados a operação ao vivo de projeções começaram seu desenvolvimento, superando em poucos anos os métodos analógicos ou semi-digitais empregados anteriormente. O Resolume chegou ao mercado em sua primeira versão (Resolume Avenue) em finais dos anos 2000, com funcionalidades para operação de vídeo ao vivo visando VJs e DJs de clubes noturnos, shows e festas – muitos dos quais se utilizavam de projeções e telas de Led em suas composições de palco. Poucos anos depois, o Resolume Arena foi lançado para permitir funcionalidades avançadas em manipulação de imagens em movimento ao vivo, visando também a operação e o mapeamento de multitelas, telas de conferências e eventos corporativos, projeções sobre fachadas de prédios, domos, planetários, ambientes de imersão 360 graus, etc. Em 2019 o Resolume Arena chega a sua sétima versão como o software mais utilizado no mercado brasileiro em projeções corporativas e VJing. Sua interface amigável e sua comunidade on-line numerosa e ativa o levaram a quase onipresença entre empresas especializadas. Cursos de capacitação, no entanto, ainda são raros e dificilmente se fundamentam nas práticas correntes desse mercado.

O Curso de Video Mapping com Resolume Arena 7 e TouchDesigner extraiu sua metodologia a partir dessa percepção. Ao longo dos oito encontros serão propostos oito pequenos projetos de Video Mapping executados como exercício prático. Dessa maneira, os alunos são convidados a compreenderem a plataforma a partir da ação e da resolução de problemas reais enfrentados no mercado. Entre os exercícios propostos, projeção em telas de formato irregular, telas tridimensionais, telas formadas por mais de um projetor, blend de dois projetores, projeção mapeada com input de vídeo ao vivo, operação com controladores midi e joysticks, projeção em película de vidro e retro-projeção e operação de efeitos ao vivo, contemplando nas aulas todas as etapas de um video mapping, da montagem dos projetores e conectores ao resultado final. O curso é indicado tanto a VJs com interesse em aprimorar suas performances quanto para profissionais do mercado corporativo e de eventos.

 

 

Cronograma

AULA I – PROJEÇÕES EM TELAS IRREGULARES (3H)

Uma das funcionalidades do Resolume Arena é a de criar máscaras capazes de direcionar a projeção a preencher uma tela de formato irregular: um fundo de palco triangular ou uma superfície em formato de logomarca, por exemplo. Através da manipulação das ferramentas do software, um projetor que usualmente gera apenas imagens retangulares pode ser utilizado para projetar sobre superfícies de qualquer formato com total precisão, adequando a projeção às dimensões desejadas sem deixar sobras.

Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: Resolume Arena 7.
  • Montagem de uma projeção simples, com 1 output (projetor) sobre tela hexagonal.
  • Introdução a tecnologias de transmissão de imagem: transmissores wi-fi, cabos, conectores, workstations e projetores.
  • Operação de projeção mapeada sobre tela/maquete

 

AULA II – PROJEÇÕES EM TELAS TRIDIMENSIONAIS (3H) A principal diferença entre o Resolume Arena e seu predecessor, o Resolume Avenue, é a capacidade de operar mais de um output simultâneo, gerando imagens compostas por diversos projetores. Dessa maneira é possível manipular projeções em telas volumétricas, como domos, cicloramas, panoramas, planetários, ambientes imersivos, fundos de palco ou até mesmo fachadas de prédios e esculturas.

Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: Manipulando múltiplos Outputs.
  • Montagem de uma projeção com 2 outputs (2 projetores) em composição volumétrica.
  • Operação de projeção mapeada em composição volumétrica.

 

AULA III – BLEND: CRIANDO TELAS COM MAIS DE UM PROJETOR (3H)

Uma das principais fucnionalidades do Resolume Arena é a criação e manipulação de áreas de transição entre as imagens de um projetor e de outro, gerando a ilusão de continuidade, sem divisórias, efeito conhecido como Blend. O bom gerenciamento de áreas de blend é fator decisivo no acabamento de uma projeção mapeada, diferenciando um trabalho amador do profissional.

Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: Blend entre projetores.
  • Utilização de smartphones + teamviewer para manipulação de blends em telas grandes.
  • Introdução ao cálculo de metragem de telas versus gramatura da lente do projetor versus número de projetores para determinar o tamanho das áreas de blend.
  • Montagem de uma projeção com 2 outputs (2 projetores) em composição de tela cinemascope com uso de uma área de blend.
  • Operação de projeção mapeada em composição de tela cinemascope.

 

AULA IV – PROJEÇÃO MAPEADA COM INPUT DE VÍDEO (3H)

O Resolume Arena não apenas gera Outputs mas também recebe Inputs de vídeo através de placas de captura. Eles permitem ao software a gerência e projeção de imagens de uma câmera, de uma mesa de corte de vídeo, do notebook de um palestrante ou de um equipamento de videoconferência, por exemplo. Em projeções para eventos corporativos, é comum que o fundo do palco seja composto por múltiplos projetores, de modo que as telas se alternem entre a imagem de um cenário virtual e as imagens de vídeo ao vivo geradas no auditório. A composição entre o cenário virtual e imagens ao vivo é realizada pelo sistema de Inputs do Resolume Arena.

Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: Inputs.
  • Introdução a tecnologias de captura de vídeo ao vivo: placas Avermidia, Matrox e Blackmagic  • Montagem de uma projeção com 2 outputs e 1 input (2 projetores e 1 imagem ao vivo) em composição de tela cinemascope com uso de uma área de blend.
  • Operação de projeção mapeada com input de imagem ao vivo em composição de tela cinemascope.

 

AULA V – OPERAÇÃO COM CONTROLADORES MIDI & JOYSTICKS (3H)

Em eventos com conteúdo audiovisual extenso, a operação da timeline do Resolume Arena será imensamente facilitada pelo uso de controladores MIDI e outros acessórios capazes de disparar, pausar, avançar ou retroceder o fluxo de vídeos com velocidade e agilidade. Já em performances em que o VJ busca sincronia entre música e vídeo, o uso de controladores favorece o compasso entre Imagem e BPM, dotando o videoartista da capacidade de improvisar como se tocasse um instrumento musical. Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: MIDI & Command Mapping.
  • Introdução a tecnologias de MIDI: teclados, joysticks, dimmers e pads.
  • Montagem de uma projeção com 1 output (1 projetor) e 1 controlador MIDI.
  • Operação de projeção mapeada via controlador MIDI.

 

AULA VI – EFEITOS AO VIVO (3H)

O Resolume Arena oferece uma biblioteca de efeitos de manipulação de imagem que podem ser controlados durante a operação: no caso de uma tela de fundo de palco, por exemplo, a paleta de cores do cenário virtual pode ser alterada ao vivo a partir do uso de efeitos como o Color Correction. No caso de uma projeção em show ou festa, o efeito de Strobe Light pode sobrepor aos vídeos uma aparência de luz de casa noturna, podendo-se sincronizar a frequência do strobo à velocidade da música tocada no ambiente. Além da biblioteca embutida ao software, novos efeitos criados pela comunidade global de usuários do Resolume são lançados diáriamente, podendo ser incorporados ao programa de acordo com a necessidade do VJ.

Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: Efeitos.
  • Interface do Usuário: Transições.
  • Montagem de uma projeção com 1 output (1 projetor) e 1 controlador MIDI.
  • Operação de efeitos em projeção mapeada.

 

AULA VI – PROJEÇÃO EM VIDRO, RETRO-PROJEÇÃO E TELAS ALTERNATIVAS (3H)

Entre as aplicações de vanguarda do Resolume Arena estão os campos da Video Art e da New Media Art, nos quais projeções em superfícies pouco usuais como árvores, ruínas de construções ou dunas areia criam ilusões espectrais, problematizando as relações do homem e sua tecnologia com a natureza. No campo do Marketing Direto, vitrines interativas, com projeções sobre películas de vidro, transformam o visual e as funcionalidades do varejo nos grandes centros de compras. Em festas e shows imagens lançadas sobre a fumaça artificial aludem a formas holográficas a partir dos raios de um projetor. O Cinema ao Vivo e o Cinema Expandido transfiguram as ruas da cidade em uma grande tela. Para todos esses efeitos, o Resolume Arena oferece uma solução em operação.

Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: Correções de Gamma e compensações de luminosidade.
  • Interface do Usuário: distorções e Keystone digital.
  • Montagem de duas projeções com 1 output (1 projetor) em tecido transparente e em tela de malha de retro-projeção.
  • Operação de projeção com 1 output (1 projetor) em tecido transpartente e em tela de malha de retro-projeção.

 

AULA VII – REVISÃO – INTERFACE DO USUÁRIO (3H)

As últimas duas aulas do curso oferecem uma revisão de um dos principais aspectos abordados nos exercícios, a Interface de Usuário do Resolume Arena 7, ou seja, seus menús, abas, workflow, timelines, opções de salvamento, importação e exportação de diversos formatos de vídeo, organização de codecs, efeitos, ferramentas, etc. O domínio dessa interface traz segurança ao profissional no momento da operação ao vivo.

Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: Revisão de ferramentas de operação.
  • Montagem de uma projeção com 1 output (1 projetor) em tela de formato hexagonal.
  • Operação de projeção com 1 output (1 projetor) em tela de formato hexagonal.

 

AULA VIII – REVISÃO – INTERFACE DO USUÁRIO II (3H)

Na aula final, uma revisão essencial: a técnica de Blend, a mais compexa das operações do Resolume Arena e principal diferencial no mercado. O domínio sobre a área de Blend para telas compostas por mais de um projetor exige técnica e prática. Por isso a última aula do curso visa fixar a técnica e aprimorar a prática anteriormente apresentadas na Aula III, sanando quaisquer possíveis dúvidas e possibilitando ao aluno um maior contato com os problemas usuais – e suas respectivas soluções – na aplicação dos Blends.

Conteúdo programático

  • Interface do Usuário: Blends.
  • Montagem de uma projeção com 1 output (1 projetor) em tela de formato cinemascope.
  • Operação de projeção com 1 output (1 projetor) em tela de formato cinemascope.

 

 

Aluno

Público-alvo: Profissionais das áreas de Marketing Direto, Televisão, Produção de EventosTeatro, Cenografia, Estudantes de ArtesNew e Media Artists

Carga horária total: 08 encontros – 24 horas

 

 

Sobre o professor

Ivan Soares é formado em Cinema pela Universidade Estadual do Paraná. Iniciou sua carreira no mercado de computação gráfica e vídeo-projeções em 2009, em Curitiba, através de trabalhos de grande repercussão como Noites Mágicas de Natal em parceria com a empresa Tween Design Digital. Em 2012 assumiu a direção de vídeo do Teat(r)o Oficina, mais longeva companhia teatral do Brasil, liderada por José Celso Martinez Corrêa e considerado pelo jornal britânico The Guardian como Melhor Teatro do Mundo. Lá, implantou sistema de projeções mapeadas capaz de transfigurar a famosa sala de espetáculos projetada pela arquiteta Lina Bo Bardi. Como criador de conteúdo, tem passagens pela TV aberta, como diretor do programa diário Meu Start, veículado pela Record News entre 2014 e 2016, além de desenvolver animações para projeções mapeadas de clientes como Magazine Luiza, Hinode, Honda, Febraban, Febrafar, Grupo Lide, Close-Up e Mary Kay Cosméticos. Atualmente, desenvolve pequisa no campo de novas mídias no programa de mestrado em Imagem e Som da UFSCar, Universidade Federal de São Carlos.

Professor


Inscreva-se aqui

Caso ainda tenha alguma dúvida, por favor, fale pra gente!

Caso ainda tenha alguma dúvida, por favor, fale pra gente!

  (11) 3081-6986
 (11) 94528-8833
  atendimento@barco.art.br

Local

Endereço:
Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426, São Paulo, SP, 05415-020, Brasil

Fechar Menu
Close Panel