Histórias da Gravura

com
Francisco Maringelli
> Os princípios de natureza estética que pautaram a produção de gravura em relevo no Brasil e os influxos da estampa popular de cordel, entre os anos 60 e a produção contemporânea.

/data

24 e 31 de outubro de 2020

sábados, das 14h30 às 17h

/valor

Detalhes Preço Qtd
Desconto à vistaMais Detalhes  R$190,00 (BRL)  
Parcelado - 2xMais Detalhes  R$110,00 (BRL)  

/compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

/conteúdo

Desde o período moderno a gravura no contexto da arte brasileira desempenha um papel relevante no contexto geral brasileiro, seja representado pelos artistas que dela fazem seu principal meio de expressão, seja por aqueles que da gravura lançaram ou lançam  mão de modo não exclusivo. O vigor da produção de gravura em relevo na contemporaneidade  justifica um estudo, neste caso, a respeito dos ecos das influências externas/européias na gravura brasileira como também analisar este diálogo “interno” entre as estampas brasileiras populares e eruditas.
O curso tem como objetivo focar nos princípios de natureza estética que pautaram a produção de gravura em relevo (xilogravura e linoleogravura) no Brasil no período moderno e os influxos da estampa  popular de cordel na gravura brasileira, tendo como referência o arco de tempo compreendido entre os anos 60 e a produção contemporânea. Os dois encontros visam a aprofundar uma visada histórica da gravura brasileira que contribua tanto  para o estudo teórico quanto para subsidiar uma futura prática na gráfica de relevo.

 

 

Cronograma

Aula 1 – Influências expressionistas e simbolistas na xilogravura modernista brasileira

Aula 2 – O diálogo entre o popular e o erudito no contexto da xilogravura brasileira

 

 

Aluno

Público-alvo:  Aos interessados em estudar a xilogravura brasileira moderna e contemporânea.

Carga horária total – 2 encontros –  5 horas

*Este curso é oferecido na modalidade ONLINE, portanto é necessário ter acesso à internet. As aulas irão acontecer ao vivo no aplicativo ZOOM. Indicamos que o participante tenha um computador ou celular com câmera e microfone.

sobre o professor

Professor

  • Francisco Maringelli
    Francisco Maringelli é graduado em Artes Plásticas, ECAUSP (1984-1989) e Arquitetura e Urbanismo, FAUUSP (1979-1985). Professor do Bacharelado de Artes Visuais do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e também ministra curso de xilogravura no SESC Pompéia. Dentre suas exposições, podemos destacar:   2020/ 2019  XILO: CORPO e PAISAGEM, SESC/Guarulhos e SESC/ Pinheiros 2018   CONTRAGOLPES; obras recentes de Biba Rigo, Cláudio Caropreso e Francisco Maringelli, São Paulo(SP) Graphias: 15  anos, São Paulo(SP) 2017  ROSTOS LAVRADOS-XILOGRAVURAS,Museu Casa da Xilogravura, Campos do Jordão (SP) Sobre Homens e RATOS, Galeria Aura & Galeria Mezanino, São Paulo (SP) “PARALELOS”-Galeria Mezanino na Galeria Mapa 2016  GRAVURA NA PONTA DA FACA, Hemeroteca da Biblioteca Mário de Andrade, São Paulo(SP) Exposição do Livro coletivo Metrópolis; Hemeroteca da BMA, Museu do Trabalho de Porto Alegre e Atelier    Piratininga, São Paulo Maringelli & Kramer-Holzschnitte,grafikstudiogalerie,Berlim 2015     “Dream Dealers”, Galeria Mezanino, São Paulo(SP)  “Frutos da Dinamarca, Galeria Mezanino, São Paulo 2014   1º Bienal Sul-Americana de Gravura e Arte Impressa/ Gravuras Grabados, Museu Nacional do Rio de Janeiro, Brasil e Museo Emílio Caraffa, Córdoba, Argentina; Pinturas de Ateliê: Território do Efêmero,Galeria Mezanino, São Paulo,SP  2013 Exposição Coletiva do Projeto Hin und Her - Aqui e Lá, Oficina Cultural Oswald de Andrade, patrocínio do PROAC, Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo; Coletiva Gravame/SP Estampa, Galeria Mezanino/SP; Caderno Entretempos - Novas Visagens, Graphias Casa da Gravura/SP, Imagem Gráfica, Pinacoteca do Estado de São Paulo/SP. 2012 Maringelli: Percurso Gráfico, Caixa Cultural São Paulo; Um Pouco do Retrato de Todos Nós, Oficina Cultural Oswald de Andrade/SP; Gravura Brasileira no Acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo: 100 anos de História/SP. 2011 Europália Brèsil Gravure Extrême, Centre de la Gravure et l'Image, Louvière, Bélgica ; 15º Biennale de la Gravure de Sarcelles, França; Coletivo BerlinXSãoPauloXOaxacaXCariri, Galeria Gravura Brasileira/SP. 2010 Paisagens Sonoras, Centro Cultural da Universidade de São João Del Rei/MG; A Linha na Água Branca, Parque da Água Branca/SP. 2009 L'Arte e il Torchio - Art and Printing Press, Cremona, Itália; Entre o Fio da Navalha e o Meio-Fio da Calçada, Graphias - Casa da Gravura/SP; Horizontes Gráficos, Pratt Prints, Centro Universitário Belas Artes/SP; Álbum Comemorativo dos Dez Anos da Gravura Brasileira/SP. 2008 Brazilian Contemporary Printmakers, Washington DC, EUA; Le Corps de la Gravure -Cinq Artistes du Brésil, Québec, Canadá; Grabadores Brasileños Contemporaneos, Chihuahua, México, Fundación San Sebastian e IAGO- Instituto de Artes Gráficas de Oaxaca, México; A Gravura Brasileira na Coleção Mônica e George Kornis, Caixa Cultural da Sé/SP.