Método Stella Adler de Atuação

com
Guilherme Rodio
> O Ator e a interpretação realista

/data

17 a 21 de agosto de 2020

segunda a sexta, das 19h às 21h30

/valor

Detalhes Preço Qtd
À vistaMais Detalhes  R$320,00 (BRL)  
Parcelado - 2xMais Detalhes  R$175,00 (BRL)  

/compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

/conteúdo

Stella Adler começou a atuar aos 4 anos de idade trabalhando no teatro Ídiche com seu pai, Jacob Adler, um imigrante judeu russo que no começo do século XX em Nova York já tinha grande notoriedade como ator. Na juventude,  em companhia de amigos como Lee Strasberg, Harold Clurman e Clifford Odets, teve contato com as primeiras informações sobre o Sistema de Stanislavsky através de atores do Teatro de Arte de Moscou. Juntos, criaram o Group Theatre e desenvolveram as bases do teatro realista norte americano que culminaria na criação da linguagem cinematográfica de Hollywood. Buscando uma conexão própria com o trabalho do russo, Stella viajou a Paris em 1934 para ter aulas com Stanislavsky, na época com 71 anos, e descobriu atualizações do método que estava sendo usado nos EUA. Voltando para casa, Adler apresentou a Lee Strasberg, um dos principais nomes do Actors Studio, a nova abordagem do russo, mas Lee a rejeitou. Stella Adler então montou sua própria escola de atuação.

 

O workshop consiste na aplicação prática de exercícios desenvolvidos pela atriz e diretora teatral americana Stella Adler, para o desenvolvimento da imaginação ativa, talvez a mais importante ferramenta do método, mas serão abordados conceitos referentes a outras ferramentas, tais como a análise de texto, as ações físicas e o script breakdown.

A imaginação ativa é a capacidade de nos acostumarmos às realidades da obra que estamos trabalhando de forma criativa. Ela se divide fundamentalmente entre criação do passado do personagem e criação do lugar de cena. Conforme o passado do personagem é criado, compreende-se melhor e busca-se duas coisas principais: Detalhes e imagens que o movam profundamente. A segunda etapa no trabalho da imaginação é a criação do lugar de cena. Todas as cenas em que há atuação, segundo Stella, devem ser criadas de antemão pelo ator, em seu trabalho em casa. Muitas vezes o material dá alguns detalhes do lugar, mas novamente há muitas lacunas a serem preenchidas pelo ator. É importante buscar os detalhes que mais nos alimentarão principalmente nas cenas mais difíceis.

Também serão abordados técnicas script analysis, que nos ajudam a entender com riqueza de detalhes os paradigmas do material, seus temas e suas especificidades; pelo processo de script breakdown, que consiste em dividir um texto em atos, cenas, viradas de cena, parágrafos e linhas, de forma a fragmentar o texto, buscar o entendimento de cada unidade e entender os objetivos das personagens num processo de ação e reação; também serão experenciadas as ações físicas, para diferenciar o fazer e o sentir, que estar fazendo algo em cena é controlável pelo ator, e gera sentimentos como resultado.

 

 

Cronograma

Aula Introdutória A  (gravada) – História

  • Quem foi Stella Adler
  • O Group Theatre
  • Encontrando Stanislavsky

 

Aula Introdutória B  (gravada) – Bases do Método

  • Imaginação
  • Script Analysis e Script Breakdown
  • Ações Físicas e Psicológicas

 

Aula 1Script Analysis / Idéias

  • Aquecimento (um detalhe no espaço)
  • Montando um diário de observações
  • Script Analysis
    • Pesquisa
    • Níveis de Leitura do material
    • Profundidade / Especificidade
    • Escolhas
    • Linha do tempo da personagem
    • Sucesso da Obra X Sucesso da Performance
    • Exercício Individual: Justificativas = Veracidade
  • Vendo especificamente – Objetos e cores
  • Exercício Individual: Subtexto >> Texto
    • O Profeta – Khalil Gibran
  • Espaço para dúvidas e perguntas –

 

Aula 2Espaços e Memórias

  • Aquecimento (um detalhe no espaço)
  • Diário de Observações
  • Exercício de imaginação
  • Construindo Espaços e Memórias
    • História dos Espaços
    • Natureza dos espaços
    • O passado no material
    • Momentos formativos
    • Pontos de partida
    • Imagem é memória, memória é personagem
    • Memória sanguínea
    • O passado nos objetos

 

  • Vivendo no espaço – exercício individual para o dia 4 a ser gravado e enviado até o dia 3; duração máxima de 5 minutos;
  • Espaço para dúvidas e perguntas

 

Aula 3Personagens

  • Aquecimento (um detalhe no espaço)
  • Diário de Observações
  • Exercício de imaginação
  • Personagens
    • Memória / Passado
    • Desejo central
    • Dimensões das Personagens – Moral, Religião, Política, Sexo, Dinheiro, etc.
    • Profissões
    • Detalhes
    • Fisicalidade
    • Tema
  • Exercício para o dia 5 – Diálogo Personagens A e B: Explicação do exercício a ser realizado por duas duplas escolhidas previamente
  • Espaço para dúvidas e perguntas

 

Aula 4Ações

  • Aquecimento (um detalhe no espaço)
  • Diário de Observações
  • Exercício de imaginação
  • Apresentação Exercício Vivendo no Espaço de 4 participantes previamente escolhidos com comentários
  • Ações e Justificativas
    • Ações Físicas, psicológicas e não planejadas
    • Objetivo X Ação
    • Atitudes
    • Níveis de Reação (Antes, durante e depois)
  • Espaço para dúvidas e perguntas

 

Aula 5Técnicas complementares

  • Aquecimento (detalhes do espaço)
  • Chegando (diário e frases)
  • Exercício de imaginação
  • Apresentação Exercício Diálogo Personagens A e B com comentários
  • Técnicas complementares
    • Cobertura de Entradas / Privado em Público
    • Contribuindo e personalizando um Objeto
    • Prenunciar / Controle do foco do espectador
    • Acidentes planejados
  • Espaço para dúvidas e perguntas

 

 

Aluno

Público-alvo: atores e interessados no método de Stella Adler

Carga horária:  5 aulas ao vivo, totalizando 12h30m, e 2 aulas introdutórias gravadas.

*Este curso é oferecido na modalidade ONLINE, portanto é necessário ter acesso à internet. As aulas irão acontecer ao vivo no aplicativo ZOOM. Indicamos que o participante tenha um computador ou celular com câmera e microfone.

 

sobre o professor

Professor

  • Guilherme Rodio
    Guilherme Rodio é ator e produtor formado pelo Centro de Pesquisa Teatral do SESC (CPT) e pela Stella Adler Academy of Acting de Hollywood. Trabalhando em cinema e TV desde 2012, atuou em doze filmes entre curtas e longas metragens e 14 comerciais das mais diversas marcas.  Na TV soma atuações em 9 séries de para os canais Globo, History, Space, Universal e Multishow.  Esteve recentemente nas séries de TV Hebe e Carcereiros, da TV Globo, Gigantes do Brasil, do History Channel e Pacto de Sangue do Netflix e no premiado curta metragem Sal, produzido pela Parakino Filmes, pelo qual ganhou os prêmios de melhor ator no Canadian Diversity Film Festival e Festival Comunicurtas em 2016. Escreveu, produziu e atuou no curta metragem a Volta Para Casa, ao lado de Lima Duarte, que está rodando festivais no Brasil e no mundo. No teatro, trabalhou por seis anos na Companhia do Hotel Green Garden, sob direção de Ivan Feijó, atuou em cinco projetos com o Grupo XIX de Teatro, entre eles duas parcerias com o Teatro de'll Argine de Bologna e na peça Judgement on a Grey Beach, da Companhia TeatroDramma, dirigida por Elia Schneider e encenada no teatro La Mama de Nova York. Foi professor no curso de introdução ao método de Ator (CPTzinho) e prepara atores usando as técnicas desenvolvidas tanto por Stella Adler como por Antunes Filho.