\agenda

Espetáculo Carne de Mulher

com

Paula Cohen

/data

22 de março a 6 de abril

Gratuito

/compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com apoio do Centro Cultural b_arco, espetáculo que aborda violência de gênero terá apresentações online entre 22 de março e 6 de abril

Solo da atriz Paula Cohen, com direção de Georgette Fadel, Carne de Mulher é um espetáculo baseado na obra de Dario Fo e Franca Rame, escrita em 1977, e que está mais atual do que nunca. A história é sobre uma mulher que está sendo interrogada por uma médica e sua equipe. A partir do seu depoimento, nos deparamos com a trajetória de alguém que foi alvo de uma sequência de violências de gênero ao longo da vida e que de repente decide colocar em prática, como com a força de um grito, o seu ato de libertação. 

Depois de cinco temporadas e circulação contemplada pelo Prêmio Cleyde Yaconi na cidade e no interior do estado de São Paulo, com apresentações em Teatros, Centros Culturais, Casas de Acolhimento, ONGs e até mesmo no Uruguai, o espetáculo Carne de Mulher volta em cartaz para uma temporada exclusiva de apresentações online.

As apresentações seis apresentações online e gratuitas irão ocorrer pela página do Facebook da peça, de 22 de março a 6 de abril às 20h (sendo que no dia 05, a apresentação contará com tradução e interpretação em libras). Com direção de Georgette Fadel, a versão online do projeto agrega a diretora de vídeo e visual Roberta Cunha e o diretor técnico Marcio Coelho e inclui projeções e sobreposição de imagens.

“Neste espetáculo falamos sobre o poder que a mulher tem sobre a sua própria vida e a arte dá vazão para esse grito que pode causar uma libertação. A arte tem o poder de dar voz para alguém que se privou de si. Com esse projeto, é feito o convite a todas as mulheres a estarem no palco poeticamente ao se identificarem com as questões e discussões que irão surgir. O objetivo é que os assuntos sejam aprofundados e se abram espaços para estas mulheres, discutindo também a responsabilidade de artistas e educadores que como pessoas públicas têm de falar sobre feminismo”, define o texto oficial do espetáculo Carne de Mulher.

 

Trajetória e projeto Carne de Mulher

Criado apenas por mulheres, artistas potentes de grande destaque nas artes, que vertem no trabalho o seu olhar, a sua luta permanente a qual estão expostas dia a dia. A peça já realizou quatro temporadas no centro de São Paulo, nos teatros: Teatro de Arena Eugênio Kusnet, Teatro Pequeno Ato, Teatro Cemitério de Automóveis e Teatro Eva Herz.  Realizou também apresentações no Itáu Cultural, em Poços de Caldas, na Mostra SOLO de Mulheres no Teatro de Container, no Festival Boca de Cena em Campo Grande em Mato Grosso do Sul, nos Sescs Registro e Sorocaba e para o Uruguai no CICLO ELLAS EN LA DELMIRA do Teatro Solís. Foi contemplado pelo Prêmio Cleyde Yaconis e realizou 24 apresentações, contratando ônibus para levar ONGs para assistirem o espetáculo e debaterem sobre. Ainda neste ano, integrou ao projeto idealizado juntamente com a Contorno Produções chamado “Qual é o Seu Grito?”. Além de diversas apresentações em ongs e centros de referência da mulher. Neste momento de pandemia, o vídeo do espetáculo foi disponibilizado em espanhol no site do Teatro Solís que é sediado em Montevideo, Uruguai.

Em 3 anos de existência do espetáculo, o projeto já tocou muitas pessoas, gerou discussões, abriu caminhos e trouxe aos palcos da cidade de São Paulo a advogada Isabela Del Monde, a psicóloga Carolina Cristal, a professora Carla Cristina Garcia e documentarista Sara Stopazzoli, para conversas após o espetáculo e para compartilhar de experiências e informações na formação do livro e vídeos do projeto “Qual Seu Grito?”. Projeto com uma coletânea de relatos de mulheres que foram vítimas de violência e como estas se libertaram dessas situações, além de serviço e dicas para mulheres que se encontram nessa situação de vulnerabilidade.

Para aprofundar ainda mais o debate proposto pelo espetáculo, nesta terça-feira, 25, às 20h, o canal do @b_arco no Instagram recebe a advogada Isabela Guimarães Del Monde (Advogada, ativista feminista, sócia do Tini e Guimarães Advogados. Cofundadora da Rede Feminista de Jusristas – deFEMde) e a atriz e idealizadora do projeto Carne de Mulher, Paula Cohen, para uma conversa ao vivo sobre violência doméstica em tempos de pandemia. 

A peça tem apoio do Centro Cultural b_arco e foi inteiramente gravada na nossa sala de teatro.

Quando?
Dias 22, 23, 29, 30 março, 5 e 6 de abril às 20h.

Onde?
https://www.facebook.com/carnedemulher/videos/279250327099529

Quanto?
Gratuito e online 😉

Ficha Técnica Carne de Mulher

Concepção e Atuação: Paula Cohen

Texto: Dario Fo e Franca Rame

Direção: Georgette Fadel

Direção de vídeo e visual: Roberta Cunha

Direção Técnica: Márcio Coelho

Iluminação e Cenografia: Marisa Bentivegna

Trilha: Claudia Assef

Operação de luz: Leandro Di Cicco

Identidade Gráfica: Patrícia Cividanes

Designer Gráfico: Lucas Sancho

Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Comunicação e mídias sociais: Jessica Rodrigues 

Assistente de comunicação: Carolina Henriques 

Fotos: Lenise Pinheiro

Tradução e Interpretação em Libras: Celina Vaz 

Produção: Contorno Produções 

Direção de Produção: Jessica Rodrigues e Victória Martinez

Assistência de Produção: Letícia Gonzalez 

Realização: Dulcineia Produções

Apoio: Centro Cultural b_arco