Como Escrever um Romance

com
Paulo Nogueira
> A técnica da narrativa de ficção.

/data

14 de abril a 19 de maio de 2021

Quartas, das 19h às 21h

/valor

Sentimos muito, mas todos os bilhetes tiveram suas vendas finalizadas porque o evento já ocorreu.

As inscrições estão encerradas.

Deixe seu contato e avisaremos quando houver uma nova edição deste curso.

/compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

/conteúdo

FOCO: Por mais que você seja leitor voraz de boa ficção, a paixão pela literatura não basta para produzir um bom romance. Pois como toda atividade criativa, a escrita de um romance exige uma técnica específica, uma carpintaria, uma estrutura que irá alinhavar a sua narrativa de A a B, num aqui/agora, com personagens e cenários verossímeis e atraentes. A caixa de ferramentas do ficcionista inclui o domínio de noções como “protagonista”, “diálogo”, “cena”, “voz narrativa”, “trama”, etc. E é isso que este curso proporciona, numa passo a passo claro e definido, que o leigo naturalmente ignora.

Sem essa técnica, o sonho de ser escritor não passa de uma miragem e pode desembocar num beco sem saída ou num bloqueio de escritor. E tampouco adianta o aluno ficar escrevendo na aula, precisamente na medida em que não dispõe da técnica necessária, pois a desconhece (sem falar que escritores de verdade escrevem em casa, na introspecção da solidão). Por isso, o curso de Paulo Nogueira usa as duas horas de aula para transmitir os conceitos, e inclui exercícios que serão escritos em casa, e comentados individualmente pelo professor, também por escrito.

Com este curso, o aluno obtém a sua própria CNH literária, para poder parar de sonhar e guiar com rapidez e segurança o seu projeto literário, até um final feliz (ainda que não necessariamente para o protagonista).

 

Cronograma

AULA 1 (14/4) – O estilo da boa prosa literária e como escolher um tema/assunto que nos inspire. A importância dos conflitos.

AULA 2 (28/4) – O primeiro mandamento: show, don’t tell (mostrar em vez de contar). A função narrativa e dramática dos tempos verbais na ficção. A cena e cenografia na narrativa ficcional.

AULA 3 (5/5) –  O perfil do personagem (uma ficha de caracterização geral). O protagonista e o antagonista.

AULA 4 (12/5) – O foco narrativo, a voz que conta a história: primeira pessoa, terceira pessoa.

AULA 5 (19/5) – A espinha dorsal da prosa de ficção: a trama e suas etapas (começo, meio e fim).

 

Aluno

Carga horária total – 10 horas – 5 encontros

Para: aspirantes a escritores e interessados

*Não haverá aula no dia 21/4 devido ao feriado

*Este curso é oferecido na modalidade ONLINE, portanto é necessário ter acesso à internet. As aulas irão acontecer ao vivo no aplicativo ZOOM. Indicamos que o participante tenha um computador ou celular com câmera e microfone.

 

sobre o professor

Professor

  • Paulo Nogueira
    Paulo Nogueira nasceu em São Paulo, onde estudou na Escola de Comunicações e Artes da USP. Viveu na Europa (Portugal, Inglaterra e Noruega) mais de 20 anos , trabalhando como crítico literário e jornalista cultural em algumas das principais publicações portuguesas. Como ficcionista, publicou oito romances, todos lançados originalmente por editoras europeias. Restabeleceu-se no Brasil (São Paulo) em 2012, desde então dando aulas de literatura, escrita criativa e narrativas de ficção em centros culturais e fundações. Mantém intensa atividade como crítico literário e escreve regularmente sobre temas culturais para várias publicações brasileiras: as revistas Piauí, Pessoa e Época, e o blog do Instituto Moreira Salles. Desde julho de 2017, é o principal crítico literário do Estadão. Entrevistou autores consagrados como Umberto Eco, Christopher Hitchens, Alice Munro, José Saramago, Haruki Murakami, Arundatj Roy, Javier Cercas, Antônio Lobo Antunes, entre outros. Também traduziu ficção e não ficção, entre eles a obra Mil e Um Livros que Você Deve Ler Antes de Morrer, para a qual escreveu verbetes sobre autores brasileiros e portugueses, e o romance Go Down, Moses, de William Faulkner, para a editora Cosac Nayf. Em 2014, foi publicada a edição brasileira de seu romance mais recente, O Amor é Um Lugar Comum, que chegou ao primeiro lugar na lista dos mais vendidos em Portugal, e esgotou a primeira edição brasileira. Neste momento, está terminando um novo romance (de 600 páginas), sua primeira obra a ser publicada originalmente no Brasil. Em 2018, Paulo Nogueira foi um dos jurados do Oceanos, atualmente o mais importante prêmio literário que contempla autores em língua portuguesa.