Master Talks – Roteiristas Brasileiros

com
George Moura, Thiago Dottori, Luíza Fazio e Elena Soárez
> Aulas especiais com grandes roteiristas do audiovisual brasileiro, mediadas por Flávia Guerra.

/data

16, 18, 30 de novembro e 2 de dezembro de 2021

terças e quintas, das 19h às 21h

/valor

Sentimos muito, mas todos os bilhetes tiveram suas vendas finalizadas porque o evento já ocorreu.

As inscrições estão encerradas.

Deixe seu contato e avisaremos quando houver uma nova edição deste curso.

/compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

/conteúdo

Série de conversas, a ser realizada com roteiristas brasileiros(as), sobre seus trabalhos, processos criativos, carreira, visão do cinema, entre outros temas.

A mediação ficará a cargo da jornalista Flavia Guerra, que irá preparar o roteiro da conversa, com tópicos que irão contextualizar as conversas.

O objetivo é ir além de um papo informal ou debate nos moldes dos que são realizados em geral em festivais, eventos e afins. A ideia é ser um híbrido entre uma master class e uma conversa, em que aspectos mais aprofundados do cinema e do estilo de cada convidado sejam explorados, mas também haja a espontaneidade de uma conversa em que o público pode participar.

Cronograma

Encontro 1: George Moura – 16/11 – para inscrições após a aula, a gravação será enviada.

Encontro 2: Thiago Dottori – 18/11 – para inscrições após a aula, a gravação será enviada.

Encontro 3: Luíza Fazio – 30/11

Encontro 4: Elena Soárez – 02/12

 

Aluno

Carga horária total: 4 encontros – 8 horas

Público-alvo: aberto a todos os interessados

*Não conseguiu assistir a algum dos encontros ao vivo? Sem problemas, nós enviamos a gravação da aula no dia seguinte, por email, em links pessoais e intransferíveis que ficam disponíveis por 7 dias corridos após a realização da aula ao vivo.

*Todos os cursos do b_arco oferecem certificado de aproveitamento, com detalhamento de carga horária, que são enviados por email 1 semana após o encerramento do curso.

sobre o professor

Professor

  • Luíza Fazio
    Luíza Fazio é roteirista e escreveu Sintonia (Netflix), a série brasileira mais assistida em 2019 e a terceira mais vista do canal de streaming no ano, ultrapassando Stranger Things e Sex Education. Possui especialização em roteiro pela University of California Los Angeles (UCLA), o que lhe deu bagagem para escrever Cidade Invisível (2a. temp / Netflix) — número 1 em mais de 40 países; Sentença, série de thriller dramático para Amazon Prime (2021); LOV3, dramédia para Amazon Prime (2021); a série documental LEXA (Globoplay / 2021) e as séries de comédia Carenteners (Warner / 2020) e Samantha! (Netflix / 2018). Por dois anos foi roteirista fixa da produtora LB Entertainment, indicada ao Emmy, desenvolvendo projetos para players internacionais. Recentemente Luíza foi nomeada pela embaixada dos Estados Unidos em Brasília para a residência International Writing Program (IWP), que desde 1967 reúne anualmente 35 escritores selecionados de todas as partes do mundo.
  • George Moura
    George Moura, roteirista, é Pernambucano do Recife, formado em jornalismo pela PUCCAMP (Pontifícia Universidade de Campinas, São Paulo) e Mestre em Artes Cênicas pela USP (Universidade de São Paulo). Escreveu os roteiros dos filmes O Grande Circo Místico, Cacá Diegues, Linha de Passe, Walter Salles e Daniela Thomas, Getúlio, João Jardim, Redemoinho, José Luiz Villamarim, Moro no Brasil, Mika Kaurismaki, entre outros. Na TV, trabalhou no programa Fantástico da Globo, fez as séries: Cidade dos Homens, O Canto da Sereia, Amores Roubados, O Rebu, Onde Nascem Os Fortes, Onde Está Meu Coração. Criou e escreveu o programa Por Toda Minha Vida. Tem 8 indicações ao Emmy Internacional, o Oscar da TV. Acaba de escrever a série Paraíso Perdido, livremente inspirado na obra do dramaturgo Nelson Rodrigues e trabalha no momento numa série sobre o cangaço, Guerreiros do Sol, para o GloboPlay. Acaba de finalizar o roteiro do filme A Casa Assassinada, baseado no romance do mineiro Lúcio Cardoso.
  • Thiago Dottori
    Thiago Dottori é roteirista desde 99, quando escreveu a série universitária “2 Apês”. De lá pra cá escreveu um pouco de tudo: institucionais, documentários, curtas, longas, séries e alguns objetos inclassificáveis. É roteirista dos longa-metragens: “Vips” (Melhor Filme no Festival do Rio), “Os 3”, “Trago Comigo”, “La Vingança” e “Turma da Mônica: Laços”, visto por mais de 2 milhões de pessoas nos cinemas em 2019. Assina também o segundo live-action dos personagens de Mauricio de Sousa, “Turma da Mônica: Lições”, bem como os longas “A Suspeita”, com Glória Pires, e “Reação em Cadeia”, todos com estreia prevista em 2021. Na TV, escreveu episódios das séries “Destino: São Paulo” (HBO), “Desencontros” (Sony) e “Entre o céu e a Terra” (TV Brasil/Futura); assina com Contardo Calligaris todo os roteiros das 4 temporadas de Psi (HBO), série indicada ao Emmy International como Melhor Série Dramática em 2015. É criador e roteirista das séries “Segredos de Justiça” (TV Globo, duas temporadas exibidas no Fantástico) e “Pedro e Bianca”, criada com Cao Hamburger e Teo Poppovic, vencedora do Emmy Kids International e Prix-Jeneusse (Melhor Série Infanto Juvenil). E é um dos criadores e roteiristas da série “Pais de Primeira” (TV Globo). Duas vezes indicado ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro na Categorias “Melhor Roteiro Adaptado” pelos filmes “Vips” (2011) e “Turma da Mônica – Laços” (2020). Já deu cursos de roteiro em diversos estados do Brasil; participou como consultor de diversos laboratórios (como “SESC Novas Histórais”, “Icuman Lab” e “Laboratórios Klaxon Ancine”), tendo consultado mais de 150 projetos entre filmes e séries de TV. Participou como júri de diversos editais de desenvolvimento e produção (Prefeitura de São Paulo, BNDES entre outros), bem como de Festivais (como Festival de Paulínia e FICA (Goiás)). Foi presidente da Associação “Autores de Cinema” e articulou o movimento de criação da ABRA – Associação Brasileira de Autores Roteiristas, da qual foi seu primeiro vice-presidente. É um dos criadores do Prêmio ABRA de Roteiro. Atualmente é vice-presidente da GEDAR – Gestão de Direitos Autorais do Autor Roteirista e trabalha como autor roteirista na TV Globo.
  • Elena Soárez
    Roteirista, surgiu na cena cinematográfica com o roteiro do longa-metragem Eu tu eles (2000), de Andrucha Waddington, selecionado para a mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes. Formada em Economia pela PUC e mestre em Antropologia social pela UFRJ, também roteirizou o filme Gêmeas (1999), do mesmo diretor. Em parceria com Cláudio e Fernanda Torres escreveu o roteiro de Redentor (2003), dirigido por Cláudio Torres. Participou do roteiro de Vida de menina (2004), de Helena Solberg, vencedor, entre outros, do Kikito de melhor roteiro no Festival de Gramado. Para a TV, escreveu a série Filhos do Carnaval, que Cao Hamburger dirigiu para a HBO, e alguns episódios de Cidade dos homens, dirigida por César Charlone, Kátia Lund, entre outros. Em 2018, foi corroteirista da série O mecanismo, produzida para a Netflix, e dirigida por José Padilha.