Masterclass – A Narrativa no Cinema: Fazer Filmes é Contar Histórias?

com
Miguel Machalski
> Os elementos fundamentais para uma história eficaz.

/data

10 de julho de 2020

sexta, das 11h às 13h30

/valor


As inscrições estão encerradas.

Deixe seu contato e avisaremos quando houver uma nova edição deste curso.

/compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

/conteúdo

CURSO ADIADO

 

Filmes são filmes e histórias são histórias. Mas qual a ponte entre os dois? Existem milhões de histórias sem filmes, e uma porção de filmes sem histórias. Nesta masterclass vamos explorar os elementos que fazem com que um filme contenha realmente uma história, e aliás, uma boa história, e como as estruturas e abordagens narrativas podem ser implementadas e aproveitadas ao máximo na narrativa cinematográfica.
Vamos explorar juntos os elementos de uma história eficaz: a questão do tema, a construção dos personagens, a noção de conflito, o elo entre estrutura e dramatismo. No final, haverá um espaço para perguntas e respostas. 

 

Aluno

Público-alvo: aberto a todos os interessados

Carga horária total: 1 aula – 2h30m

*a aula será ministrada em portunhol.

*Este curso é oferecido na modalidade ONLINE, portanto é necessário ter acesso à internet. As aulas irão acontecer ao vivo no aplicativo ZOOM. Indicamos que o participante tenha um computador ou celular com câmera e microfone.

sobre o professor

Professor

  • Miguel Machalski
    Miguel Machalski é argentino e vive em Barcelona, trabalha na área de cinema internacional como roteirista, consultor e educador. É autor e co-autor de 17 roteiros de diversos gêneros. Dá oficinas e assessora projetos na Europa, Ásia, África, Oriente Médio e América Latina. Autor de dois livros de roteiro: El Guion Cinematográfico: Un Viaje Azaroso, publicado na Argentina, reeditado pela Escola Internacional de Cinema e Televisão (Cuba) e El Punto G del Guión Cinematográfico, publicado pela madrileña T&B. Seu primeiro livro foi também publicado em português no Brasil. Analisou ou foi consultor de roteiros de filmes como, Billy Elliot (Stephen Daldry), Tabu/Gohatto (Nagisa Oshima), Tango (Carlos Saura), Femme Fatale (Brian de Palma), Spider (David Cronenberg), The Interpreter (Sydney Pollack), The Man Who Killed Don Quixote (Terry Gilliam), Saraband (Ingmar Bergman), Mar Adentro(Alejandro Amenábar), Million Dollar-Baby (Clint Eastwood) e muitos outros.