\blog

Especialista na história do audiovisual, Gabriel Priolli selecionou dicas de programas que destacam momentos importantes dessa trajetória, que ele irá aprofundar no curso “Túnel do tempo – Como Viemos da TV a Lenha para Milhões de Canais”

Na próxima semana, Gabriel Priolli irá ministrar curso online em que irá apresentar a evolução histórica do audiovisual eletrônico no Brasil, da introdução da televisão em 1950 até o ambiente atual, das redes sociais e sistemas digitais de distribuição de imagens. Priolli, que tem mais de 45 anos de atividades ligadas à Televisão, mostra como chegamos à comunicação por imagens que fazemos hoje e como construímos o nosso jeito de fazer.

Para preparar o público para esta jornada que será proposta no curso “Túnel do tempo – Como Viemos da TV a Lenha para Milhões de Canais”, que terá o formato de exposição das aulas inspirado em um seriado clássico da televisão, de grande sucesso mundial e no Brasil: O Túnel do Tempo, de Irwin Allen; Gabriel Priolli preparou para o blog do b_arco indicações de conteúdos sobre TV que incluem outros sucessos, clássicos e marcos dessa rica história da mídia no Brasil.

Todas as suas indicações estão disponíveis gratuitamente na internet, então basta clicar nos links abaixo e curtir a viagem! 

ABSOLUTAMENTE CERTO! 

Comédia brasileira de 1957, escrita, dirigida e interpretada por Anselmo Duarte, com Dercy Gonçalves, Odete Lara e grande elenco. Gira em torno de um programa da perguntas da televisão, inspirado no sucesso da TV Tupi, O Céu é o Limite. O apresentador Aurélio Campos faz uma ponta, interpretando ele mesmo. O filme mostra o ambiente da TV dos anos 1950, feita ao vivo, em preto e branco.

 

O VIGILANTE RODOVIÁRIO

Primeiro seriado de televisão brasileiro realizado em externas, fora do estúdio. Produzido e dirigido por Ary Fernandes. Lançado em 1962 na TV Tupi, foi um grande sucesso de audiência no público infanto-juvenil.

 

OS PIONEIROS E A TV EXCELSIOR

O canal Bau da TV apresenta um trecho do especial “TV 60 anos” de 2010, em que o autor Cassiano Gabus Mendes (1929-1993), os diretores Edson Leite (1926-1983) e Walter Avancini (1935-2001) e os atores Regina Duarte, Tarcísio Meira e Glória Menezes relembram os primórdios da telenovela brasileira e o pioneirismo da TV Excelsior na teledramaturgia. 

 

O BEM AMADO

Capítulo integral de O Bem Amado, primeira telenovela em cores. Produção da TV Globo, lançada em janeiro de 1983, escrita por Dias Gomes. Com Paulo Gracindo, Lima Duarte, Dorinha Duval, Zilka Salaberry e elenco estelar. Mostra como a televisão exagerou nas tonalidades do figurino e cenário, antes de calibrar corretamente o uso das cores no video.

 

O CAMPEÃO DE AUDIÊNCIA

http://g1.globo.com/pop-arte/blog/maquina-de-escrever/post/memorias-relatam-ascensao-e-queda-de-walter-clark-na-televisao.html

Autobiografia de Walter Clark, o executivo que levou a TV Globo de emissora local do Rio de Janeiro, quarta colocada nos índices de audiência, a maior rede de televisão do Brasil. Gabriel Priolli gravou 50 horas de entrevistas e escreveu o texto final, que conta em detalhes a evolução da TV de 1956 a 1991, período em que Clark a viveu por dentro.

 

ERNESTO VARELA 

Sucesso da jovem produção independente de vídeo, surgida no início dos Anos 1980, o personagem de Marcelo Tas cobre o lançamento da candidatura de Paulo Maluf à presidência da República, em 1984, para a eleição indireta do Colégio Eleitoral. Ernesto Varela era um repórter que se fazia de sonso, para fazer as perguntas mais inusitadas e incômodas. Infernizou os políticos da época. Produção Olhar Eletrônico para Abril Vídeo, exibida na TV Gazeta de São Paulo.

 

CASA DOS ARTISTAS

Reality-show lançado por Silvio Santos em dezembro de 2000, com o mesmo formato do Big Brother Brasil, para furar a estratégia de lançamento do concorrente global. Na versão do SBT, artistas tomam o lugar de pessoas comuns. O vídeo resume o que aconteceu na primeira edição.Com Alexandre Frota, Bárbara Paz e outros.

 

A HISTÓRIA DO YOU TUBE

Video do Canal TecMundo, apresentado por Nilton Kleina, contando a história da plataforma de vídeos You Tube, que revolucionou a distribuição do audiovisual no planeta e criou no Brasil os primeiros campeões de audiência fora da TV: Whinderson Nunes, Felipe Neto e outros.