\blog

A diretora de elenco Patricia Faria – que irá ministrar um curso online em novembro – compartilhou com o blog do b_arco os artistas e autores que inspiram seu trabalho e que fazem parte da bibliografia do curso.

Para pensar o elenco de uma obra audiovisual é importante realizar um estudo multidisciplinar, dialogando ciências humanas e sociais. Para a diretora de elenco Patricia Faria, essa prática diz muito sobre seu trabalho e a maneira com que pensou as experiências que serão compartilhadas no curso online que irá ministrar com a empresária artística Carol Condé no curso “Intersecções artí­sticas – O ator, a carreira e a direção de elenco”, que acontece a partir de 23 de novembro. 

Cada projeto tem seu universo e questões que devem ser pensadas pelos profissionais que realizarão o elenco. Observar o estilo de um Artista, estudar os personagens que foram apagados pela história e as experiências de uma profissão que não tem uma formação clássica são algumas das temáticas que serão abordadas no curso online.

Patricia compartilhou com o blog do b_arco os artistas e autores que inspiram seu trabalho durante o processo de pesquisa do elenco e que fazem parte da bibliografia do curso, assim como foram inspirações usadas em seus projetos mais recentes. Confira abaixo:

Quadros “Falando Nisso” e “Desejo em Cena”, no Canal do psicanalista Christian Dunker 

No quadro “Desejo em Cena” Christian Dunker faz análises muito interessantes dos filmes e seus personagens, a partir do ponto de vista da Psicanálise. Patrícia recomenda especialmente este episódio sobre o filme brasileiro “Bacurau”, em que Dunker apresenta uma análise do personagem Lunga que especialmente interessaram a diretora de elenco.

 

“O Corpo Poético”, do Jacques LecoqO corpo poético: Uma pedagogia da criação teatral - 9788579950001 ...

Patri­cia recomenda este livro que apresenta a trajetória de Jacques Lecoq, seus objetivos e pedagogia de ensino, pois experimentou esta pedagogia para se colocar em cena e conhecer o trabalho dos artistas.

Alguns ensinamentos do estudo de Lecoq é apresentado durante o curso no b_arco, sendo referência importante para a maneira com que a diretora de elenco observa o artista em cena.

 

 

 

 

 

 

 


Pina Bausch - Livros na Amazon Brasil- 9788550410944

“Pina Bausch”, do Fabio Cypriano

Este livro é resultado de uma pesquisa sobre Água, peça criada a partir de viagens da companhia alemã Tanztheater Wuppertal – fundada pela coreógrafa Pina Bausch – a São Paulo e Salvador, em 2000. O autor também apresenta trechos de entrevistas realizadas na década de 90, onde Pina fala sobre sua experiência no Cinema. Está presente nesta lista pois, o processo de criação de Pina Bausch inspira e revela muito sobre o processo de estudo de um elenco para Patrícia. Dança e teatro são grandes admirações da diretora de elenco que encontra nessas áreas revelações sobre a qualidade de movimento dos artistas.

 

 

Sobre Pina, Patrícia também recomenda:

Pina, direção Wim Wenders

Café Müller, direção Pina Bausch
Obra maravilhosa, inspiradora das intersecções das artes cênicas.

 

“Um Defeito de Cor”, da Ana Maria GonçalvesUm Defeito de Cor - Saraiva

Obra importante para conhecermos a escravidão no século XIX e pensarmos a formação do povo brasileiro até os dias de hoje. Narrado de uma maneira original e pungente, na qual os fatos históricos estão imersos no cotidiano e na vida dos personagens. Patri­cia Faria recomenda este livro pois é importante para seu estudo sobre o apagamento do negro na história de nosso país.

 

 

 

 

 

Racismo Estrutural | Amazon.com.br 

“Racismo Estrutural” de Silvio Almeida

As importantes reflexões do professor Silvio Almeida, ou teorias sociais, como definidos no livro, são também referência para diretores de elenco. Pois, para Patrícia, falar sobre direção de elenco é um compromisso com a obra, com a imaginação do diretor e também com a história do país. A história de onde os personagens fazem parte, qual a realidade social que um filme produzido em 2020 precisa pensar.

 

 

 

 

Site da Missão Paz

Nos últimos dois anos, Patrícia Faria realizou três longas em que deu vida a personagens que poderiam ser interpretados por artistas refugiados e outros que ela apresentou ao diretor a possibilidade de um artista refugiado trazer toda a complexidade de sua experiência para o personagem. Por isso, uma das recomendações da diretora de elenco é também o site da instituição filantrópica de apoio e acolhimento a imigrantes e refugiados na cidade de São Paulo, “Missão Paz”. Pertencente aos missionários Scalabrinianos, ela atua em favor do público migrante desde os anos trinta do século XX.

Casting By, direção Tom Donahue 
Documentário sobre a profissão Direção de Elenco, filme importante para os artistas das artes cênicas e profissionais do audiovisual.

David Lynch: The Art Life, direção de Jon Nguyen e Rick Barnes

Documentário importante para o estudo de Patrícia Faria, que acredita ser reveladora a fala do David Lynch: “a vida é cheia de abstrações e a intuição é a única maneira que temos de rastreia-las. Intuir é enxergar a solução, é a emoção e o intelecto juntos.”