André Ristum começou a trabalhar com Cinema em 1991 e em 1995 foi assistente de Direção de Bernardo Bertolucci em “Beleza Roubada”. Estudou cinema na NYU-SCE em 1997. Desde 1998 dirigiu vários curtas e documentários premiados, entre os quais o curta “De Glauber para Jirges”, selecionado para o Festival de Veneza de 2005. Em 2011 lançou “Meu País”, seu primeiro longa de ficção, que recebeu 6 prêmios no Festival de Brasília. Em 2015 lançou seu segundo longa metragem de ficção, “O outro lado do paraíso”, Melhor Filme no Festival Latino de Trieste e Melhor filme pelo Júri Popular em Gramado. Em 2018 lançou seu terceiro longa, “A voz do silêncio”, que recebeu os prêmios de Melhor Direção e Melhor Montagem no Festival de Gramado 2018. Em 2019 foi produtor delegado do filme dirigido por Marco Bellocchio, “O Traidor”, que competiu no Festival de Cannes e foi o indicado italiano ao Oscar, e dirigiu para o Canal Brasil sua primeira série ficcional, “Colônia”, escrita com Marco Dutra e Rita Gloria Curvo.

 

 

Eventos nos quais esta pessoa está envolvida:

assine a newsletter do b_arco

Fechar Menu