Luisa Duarte é crítica de arte e curadora independente. Mestre em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica- PUC-SP (2011). Doutora em teoria da arte pela UERJ (2019). Foi por nove anos crítica de arte do jornal O Globo (2009/2017). Foi por cinco anos membro do Conselho Consultivo do MAM-SP (2009-2013). Curadora do programa Rumos Artes Visuais, Instituto Itaú Cultural (2005/ 2006). Coordenadora geral do ciclo de conferências “A Bienal de São Paulo e o Meio Artístico Brasileiro – Memória e Projeção”, plataforma de debates da 28a Bienal Internacional de São Paulo, 2008. Foi curadora de quatro edições do Red Bull House of Art, projeto de residências artísticas e mostras no centro de São Paulo voltado para artistas em começo de trajetória, 2009/2010. Curadora da exposição coletiva “Um outro lugar”,MAM-SP, 2011. Curadora da sessão “Solo Projects”, da ARCO Madrid, 2011. Integrou a equipe de curadoria de Hans Ulrich Obrist para a mostra “The Insides are on the Outside”, Casa de Vidro de Lina Bo Bardi, São Paulo, 2013. Organizadora, em dupla com Adriano Pedrosa, do livro “ABC – Arte Brasileira Contemporânea”, Cosac & Naify, 2014. Curadora do Seminário internacional “Biblioteca Walter Benjamin”, no Museu de Arte do Rio de Janeiro, MAR, 2015. Curadora da exposição coletiva “Quarta-feira de Cinzas”, dentro do Programa Curador Residente, concebido por Lisette Lagnado, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, 2015. Curadora, em dupla com Evandro Salles, da exposição “Tunga – o rigor da distração”, no Museu de Arte do Rio de Janeiro, MAR, 2018. Curadora da exposição “Caminho da Pedra”, de Matheus Rocha Pitta, Espaço Cultural do BNDES, Rio de Janeiro, 2018. Organizadora do livro “Arte Censura Liberdade – Reflexões à luz do presente”, Editora Cobogó, 2018. Curadora da exposição “Adriana Varejão – por uma retórica canibal”, Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador e Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães, Recife, 2019. Em 2019 foi curadora, ao lado de Solange Farkas, Miguel Lopez e Gabriel Bogossian da “21 Bienal Sesc Vídeo Brasil – Comunidades Imaginadas”, sendo responsável também pela curadoria dos Programas Públicos desta edição, Sesc 24 de Maio, São Paulo.

Eventos nos quais esta pessoa está envolvida:

assine a newsletter do b_arco

Fechar Menu